Maranhão suspende aulas, amplia leitos e abre Centro de Testagem para combater coronavírus

17 de março de 2020

O Governo do Maranhão tem adotado ações práticas como parte da prevenção e do combate ao novo coronavírus (Covid-19). O Estado ainda não tem nenhum caso confirmado, mas as medidas ajudam no possível enfrentamento da doença.   

Todas as ações seguem o Plano Estadual de Contingência do Novo Coronavírus (Covid-19), que está em execução pela rede pública de saúde, de acordo com protocolos do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde.

Veja algumas das medidas:

Suspensão das aulas

Diante do receio das famílias, o Governo do Maranhão suspendeu as aulas nas escolas por 15 dias, a partir desta terça-feira (17). Após esse prazo, será feita nova avaliação. A medida inclui redes estaduais, municipais, privadas, universidades e faculdades.

A medida se baseia na emergência sanitária e na dimensão preventiva do poder de polícia administrativa.

O calendário escolar será ajustado para que não haja prejuízos ao ano letivo dos estudantes.

Centro de Testagem 

O Centro de Testagem na Policlínica Diamante, em São Luís, já está funcionando para exames laboratoriais de pessoas que apresentem sintomas do coronavírus (similares aos da gripe e do resfriado) e tenham viajado para áreas de risco ou mantido contato com pessoa com diagnóstico confirmado.

Para tirar dúvidas sobre o atendimento no Centro de Testagem, ligue: (98) 3133-6406.

Leitos

Entre as ações, também está o aumento de leitos de UTI e de enfermaria na rede estadual. O Hospital Carlos Macieira está recebendo novos leitos de UTI e área de isolamento para os casos graves da doença. 

Já o Hospital Genésio Rêgo, na Avenida dos Franceses, na capital, está sendo reformado e ampliado para receber pacientes que forem diagnosticados como casos graves do novo coronavírus.

Todos os leitos emergenciais criados para o tratamento do coronavírus serão incorporados depois à rede de saúde. 

O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial desta segunda-feira (16) portaria sobre o envio de recursos para o combate ao coronavírus nos Estados. No caso do Maranhão, o valor é de R$ 14,2 milhões, que serão usados no custeio de leitos e equipes extras. 

Sem aglomerações 

O Governo do Maranhão também publicou decreto suspendendo eventos feitos pelo poder público estadual que impliquem grandes aglomerações de pessoas. 

Entre os eventos suspensos, estão congressos, seminários, plenárias e similares organizados pelos órgãos e entidades do Poder Executivo, ou que sejam realizados nas suas dependências, que não sejam urgentes e inadiáveis.

O decreto também prevê a suspensão de eventos de qualquer natureza com previsão de grande presença de público e que precisem de licença por parte dos Bombeiros ou da Delegacia de Costumes.

Excepcionalmente, poderão ser feitos eventos de grande porte mediante análise prévia das justificativas. 

Restaurantes 

O decreto ainda estabelece que, para segurança dos consumidores, os restaurantes e similares deverão colocar as mesas no mínimo dois metros de distância umas das outras. Os estabelecimentos deverão ser o mais arejado possível.

O Procon vai fazer fiscalizações para garantir que a medida seja cumprida.

Informações

As informações e orientações sobre a doença estão constantemente sendo atualizadas no site da Secretaria da Saúde: saúde.ma.gov.br 

Também há um telefone para tirar dúvidas: 136.

Você pode gostar...